16 de fev de 2012

Movimento separatista não desiste


Os defensores da divisão do Pará, rejeitada em plebiscito em dezembro, querem mudar a legislação para que apenas a população das áreas onde seriam os novos Estados seja ouvida em caso de outro plebiscito.
Lideranças políticas do Carajás (sul e sudeste do Pará) e do Tapajós (oeste) vão apresentar na Câmara dos Deputados, após o Carnaval, um projeto para essa mudança. A idéia é alterar trechos da lei 9.709, que regulamenta a criação de Estados.
Para dar força à proposta, prefeituras das duas regiões irão coletar assinaturas de apoio. O objetivo é obter mais de um milhão de assinaturas.
Antes do plebiscito, o STF havia decidido que toda a população do Pará tinha que ser consultada. Isso foi crucial para a derrota da divisão, segundo integrantes do grupo contrário à proposta.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bacana, então temos de fazer o mesmo que eles: nos movimentarmos para também sermos ouvidos. nós de belém. Afinal de contas, também vão mexer conosco.

SANGUE CABANO-Pará disse...

BEM AGORA EU QUERO VER O QUE O PESSOAL AQUI VAI FAZER PARA IMPEDIR ESSES CARAS DE COMETER ESSA ATROCIDES COM O NOSSO ESTADO A PALAVRA A NOSSA POPULAÇAO E O NOSSOS POLITICOS.