22 de ago de 2012

Paulo Rocha

Olha, esse negócio do mensalão pode gerar pelo menos uma injustiça.
Contra Paulo Rocha.
E aqui eu sei que vão falar diabos da minha posição sobre esse caso, mas não vou me furtar em explaná-la.
Paulo era um dos principais líderes do PT no Congresso na época do estouro do mensalão.
Líder histórico do partido, também era presidente do PT no Pará.
Porque receberia então dinheiro do Governo para votar pelo Governo?
Não tem cabimento.
Pois bem, recebeu dinheiro para pagar dívidas do partido do PT nacional, ou orientado pelo PT nacional.
E nesse caso, porque desconfiaria que o dinheiro era obtido de forma ilegal?
O PT tem o fundo partidário, como todos os demais partidos, o PT é um partido grande, que tem seus filiados e que pagam mensalidade.
Assim, sendo um dos parlamentares mais importantes do Governo no Congresso, destacado integrante do PT, presidente regional que pede apoio a direção nacional de seu partido para pagar dívidas reais de campanha, como poderia ele imaginar que o dinheiro era ilegal ?
Se você liga para sua mãe e pede uma grana, tu vai imaginar da onde foi tirada ? Que ela conseguiu ilegalmente ? Portanto, como fazer parte de uma quadrilha?
É lógico que os partidos são mesmo um balaio de gato, uma confusão contábil sem tamanho. Mas Paulo comprovou com notas fiscais que o dinheiro que recebeu foi transferido para pagar contas de campanha. Então, como cabe a acusação de lavagem de dinheiro ?
Ok. Nem se discute aqui a ilegalidade do caixa dois.
Mas lavagem de dinheiro? Fazer parte de uma quadrilha?
Realmente, não bate.
Que o Supremo seja justo.
Eu sei a vontade da população de botar grande parte dos políticos na cadeia.
É justo essa vontade, assim como é justo a imprensa querer condenar esses mesmos políticos.
Mas cada caso é um caso, cada pessoa é uma pessoa.
Todas as mangueiras dessa cidade sabem que Paulo sempre foi um homem do partido, um lutador pelas ideias desse partido - concordemos ou não com elas é outra questão .
Que seja julgado pelo caixa dois, o que seria correto.
Falei.

2 comentários:

Anônimo disse...

Não fala a tua merda, rapaz! Tem que ser preso e enforcado! Corrupto! Se uma criança morre por falta de um medicamento que custava um real e não tinha, se o cara roubou um real, ele é um assassino! Não tem mimimi... caixa dois é corupção também! Seu safado!

Amintas disse...

O anônimo das 10:57 é um despreparado e pensa que pode julgar todo mundo só porque é do partido que ele não gosta. Belo juiz. Aliás, o Ministro Lewandowski (que deve ser "um pouquinho" mais preparado) sempre disse que "quem julga pelo que ouve, não é juiz. É uma orelha."
A orelha desse anônimo deve ser enorme ou cheia de cera ou, ainda, as duas coisas. Vai te limpar, cão raivoso!
Vc está corretíssimo, Marcelo. Continue honesto. E olhe que não sou PT !!!!