15 de fev de 2012

Força aérea brasileira priorizará proteção da Amazônia

O ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou ter esperanças de que a decisão do governo de comprar 36 caças para a FAB saia ainda neste semestre. Segundo o ministro a decisão só depende da presidente Dilma. O chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Brasil, general José Carlos de Nardi, afirmou que as prioridades do Exército, da Marinha e da Aeronáutica nas próximas duas décadas serão a proteção da Amazônia e o reforço no patrulhamento das áreas de fronteira.

Nenhum comentário: