6 de fev de 2012

Os portos em greve


Os trabalhadores dos portos administrados pela União ameaçaram paralisar as suas atividades na quarta, por 24 horas, caso as reivindicações da categoria não sejam atendidas, a proposta é decretar greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 23.  
A greve de 24 horas pode envolver trabalhadores no Pará, na Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e nos portos de Vitória e Santos. A paralisação temporária é uma forma de pressionar as Docas a concluírem as negociações iniciadas em junho de 2011, assinando com as entidades que representam os trabalhadores os acordos coletivos que continuam pendentes de resolução. A principal reivindicação dos trabalhadores, contudo, é uma solução definitiva, por parte do governo federal, para sanar a situação do Portus, o fundo de previdência complementar dos empregados das companhias Docas e algumas administradoras portuárias estaduais e municipais, que se encontra com uma enorme dívida.

Nenhum comentário: