22 de jun de 2012

O clima ainda é tenso na Fazenda Cedro, em Marabá


O clima ainda é de tensão na Fazenda Cedro, no município de Eldorado dos Carajás, nesta manhã. Integrantes do MST ocuparam novamente o local.
Nesta manhã o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha, o ouvidor agrário nacional, desembargador Gercino José da Silva Filho, e lideranças do MST se reuniram para discutir uma solução para o conflito ocorrido na Fazenda Cedro, em Marabá, que deixou 12 feridos.
O conflito deu inicio na manhã de quinta-feira quando integrantes do MST entraram em confronto com seguranças da fazenda. Pela tarde, a situação já estava sob controle, após a retirada dos seguranças do local que seguiram para a delegacia local para prestar esclarecimentos.
Segundo o delegado Alberto Teixeira, da Superintendência Regional de Marabá, o conflito começou em decorrência de um protesto do MST na entrada da Fazenda Cedro. Segundo a versão do Movimento, a manifestação foi motivada pelo uso de agrotóxicos por funcionários da fazenda, prática que estaria acarretando problemas de saúde em alguns membros do acampamento Helenira Rezende, erguido próximo à propriedade.

Nenhum comentário: