7 de jun de 2012

NOVA PESQUISA ELEITORAL


Nova pesquisa aponta o segundo turno entre os Pré-Candidatos do PSOL e o do PMDB na disputa para prefeito de Belém

Acaba de ser concluída mais uma pesquisa sobre a intenção de voto para Prefeito de Belem encomendada e registrada, pelo BLOG DO BACANA. Na simulação de voto estimulado a pesquisa confirma: se as eleições à prefeitura de Belém fossem hoje, os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e José Priante (PMDB) passariam para o segundo turno. Edmilson chegaria com 36,0% dos votos e Priante com 18,7%.
Os demais pré-candidatos conseguiriam os seguintes percentuais de intenção de votos: Zenaldo Coutinho (PSDB), 8,8%; Arnaldo Jordy (PPS), 7,7%; Alfredo Costa (PT), 4,6%; Jefferson Lima (PP), 4,3%; Anivaldo Vale (PR), 3,4%; Cássio Andrade (PSB), 1,0%; Sérgio Pimentel (PSL), 0,4%; Zé Francisco (PV), 0,4% e Jorge Panzera (PCdoB), 0,4%. Indecisos: 10,0%. Brancos e nulos: 4,3%.



Polarização entre Edmilson e Priante na liderança.
Assim como na primeira pesquisa divulgada neste espaço, realizada pelo Instituto Acertar ( 18 a 21 de abril/2012), a pesquisa atual confirma que a disputa pela prefeitura de Belém deve ser decidida em segundo turno e que, no momento, tende a polarização entre os candidatos Edmilson Rodrigues do PSOL e José Priante do PMDB.
A mostra revela que o candidato do PSOL continua mantendo estável sua intenção de votos. Segundo análise do pesquisador Dornélio da Silva, Edmilson Rodrigues é o candidato mais lembrado pelos eleitores por ter sido prefeito durante oito anos. Assim, o candidato do PSOL segue na disputa, consolidando-se na faixa atual, conforme demonstra a pesquisa.
Priante, por sua vez, demonstra tendência de crescimento, alcançando um patamar próximo a 20% da preferência do eleitorado( considerando a margem de erro da pesquisa) e vem se distanciando ainda mais do bloco intermediário. De acordo com Dornélio, a saída do ex-governador Almir Gabriel da disputa influenciou positivamente o desempenho de Priante.
Zenaldo e Jordy empatados no bloco intermadiario.
Na avaliação do pesquisador, apesar dos candidatos Zenaldo Coutinho e Arnaldo Jordy encontrarem-se muito próximos no terceiro e quarto lugar respectivamente com 8,8% e 7,7%. A saída do ex-governador Almir Gabriel também teria ajudado Zenaldo Coutinho, já que o candidato tucano está se aproximando da casa dos 9% das intenções de votos, embora ainda esteja longe de alcançar a mesma margem de Almir, que em outras pesquisas aparecia acima dos 12%.
Terceiro bloco, Alfredo, Jefferson e Anivaldo, ainda mais embolado
Já no terceiro pelotão o pré-candidato do PT Alfredo Costa, aparece perto dos 5%. Dornélio atribui o percentual às aparições de Alfredo nos recentes comerciais de televisão do PT e à força do partido. Os números atuais, entretanto, revelam que o PT de Belém ate o momento ainda não conseguiu reagir à derrota da ultima eleição ao governo do estado.
Também embolado neste pelotão está o pré-candidato do PP o radialista Jefferson Lima com 4,3% da preferência do eleitor, que também esteve em exposição na mídia recentemente e aparece empatado tecnicamente com o candidato do PT e com o vice-prefeito Anivaldo Vale, que tem 3,4% dos votos e acabou de ser lançado como pré-candidato. Para Dornélio, o fato de ter sua pré-candidatura confirmada só recentemente, pode ter influenciado o discreto desempenho de Anilvaldo na pesquisa. Almir Gabriel, que foi preterido por Duciomar vinha apresentando melhor desempenho. O pesquisador avalia que o atual prefeito terá que investir muito para que a candidatura de Anivaldo se torne, de fato, competitiva.
Os demais candidatos, juntos, não conseguiram passar dos
2, 2% das intenções de votos.

Preferência partidária: PT e PMDB são os mais queridos pelos eleitores.
Quando questionados sobre a preferência sobre partidos políticos, os eleitores consultados declaram a seguinte opinião, 16,5% preferem o Partido dos Trabalhadores – PT, enquanto que 11,9 % tem preferência pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro-PMDB. Num segundo bloco, mais distanciado, aparecem o PSOL, com 4,8%, o PSDB com 3,5% e o PTB com 3,1% da preferência dos eleitores. Os demais partidos apresentam desempenhos pouco expressivos.

Quem fez e como foi realizada a pesquisa.
A pesquisa foi coordenada pelo pesquisador e professor Dornélio da Silva, profissional com mais de 20 anos de experiência em investigação de opinião pública e estudos de ambientes eleitorais, especialista em marketing e análise de pesquisa e estudos sociais, diretor da agência Doxa Comunicação Integrada. A consulta ocorreu entre os dias 30 de maio e 2 de junho de 2012, onde foram realizadas 777 entrevistas em todos os bairros de Belém, a margem de erro é de 3% para mais ou para menos, com 95% de confiabilidade. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA) sob o número PA-0015/2012.
Em relação ao sexo dos entrevistados, foram consultadas 50,6% de mulheres e 49,4% de homens. No item relativo a faixa etária, a pesquisa ouviu 23,21% de pessoas de 16 a 24 anos de idade. Pessoas entre 25 a 34 anos, foram 27,05%. De 35 a 44 anos, 24%. De 45 a 59 anos, 17,03%. E entrevistados acima de 60 anos, 8,01%. Quanto ao grau de instrução. Ensino fundamental, 24%. Ensino médio, 59%. Superior, 13,08%. pós-graduação, 0,8%. Sem escolaridade, 2,3%. Os percentuais de religião dos entrevistados. Foi o seguinte, Católica, 41,2%. Evangélica, 27,5%. Outras, 28,7%. Sem religião, 2,7%. Perfil de renda. Ate um salário mínimo, 29,8%. De 1 a 2 salários, 33,7. De 2 a 4 SM, 32%. Acima de 4 salários mínimos, 4,6%.

Dornélio da Silva e sua equipe técnica.
Dornélio da Silva é graduado em Letras pela Universidade Federal do Pará. Mas logo direcionou sua atuação profissional para a área dos estudos sociais. Especializado em Marketing pela Unama, passou a dar aula como professor nas áreas de pesquisa de marketing, endomarketing e planejamento de campanhas publicitárias. Atualmente, está fazendo o mestrado em Ciência Política na Universidade Federal do Pará. Fora da área acadêmica, Dornélio tem uma longa vivência nos processos eleitorais em todo o estado do Pará. Atualmente exerce o cargo de diretor da agência Doxa Pesquisa e Comunicação, sendo responsável por planejamento de marketing e análise de pesquisas quantitativas e qualitativas, também na área mercadológica. Diversos partidos políticos e empresas em todo o Pará tem recorrido a Dornélio esua equipe tecnica para saber como anda o desempenho de seus candidatos.

10 comentários:

Anônimo disse...

Impossível anivaldo ta atras de jefferson e Alfredo...

Anônimo disse...

Essa pesquisa foi feita na rua da casa do Priante entre seus amigos e familiares

Anônimo disse...

O Edmílson não tem musculatura para um eventual segundo turno. Já deu o que tinha que dar. Belém precisa dar chance ao Priante! Se arrependimento matasse por ter votado no Duciomar... :(

Anônimo disse...

Esse é o pensamento do anônimo das 12:38. Estive pela manhã na Marambaia e o povo lá só vota no Edmilson. A musculatura dele é ser um cara humilde e honesto.

Anônimo disse...

Diploma e currículo não atesta coisa nenhuma.
O que faz a pesquisa correta é a seriedade, a isenção (dos "escolhidos").
Aí entra o dinheiro que compra muito mais que diplomas.
E dinheiro não falta no bolso dos barbalhos. Falta no bolso de quem coordena as pesquisas.

Carlos Pinto disse...

Credo Bacana! Na sua pesquisa coloque ao lado da sua gente, um cabo eleitora de cada candidato.
Priante:Nunca, Edmilson: jamais.
Foi só entre os familiares do Priante?

Anônimo disse...

Acho que as pesquisas já não enganam mais ninguém, que o digam as pesquisas da Valeria Pires Franco, lembram...
O cara está estranhando o anivaldo atraz do jefferson e do Alfredo "diga-me com quem andas e te direi quem és".
Vou votar no Jefferson e espero que ele faça a diferença nos debates, pois ele é do povo, veio do povo. Tomera que ele faça um desafio e convide os outros candidatos pra almoçar no ver-o-peso. Ia ter candidato vomitando no prato.

Anônimo disse...

Tomara que o Jefferson Lima convide os demais candidatos para almoçaai ter nego que vai vomitar no prator no ver-o-peso.
V

Anônimo disse...

voces podem falar o que quiserem. as pesquisas irao se confirmar no dia de cada um votar. ai nao ver que no segundo turno dará edmilson e priante! Falem sobre assuntos que voces entendam porfavor!!

Anônimo disse...

Acho que o Duciomar poderia ter escolhido alguem com mais expressão como o Empresário Fernando Yamada, não conheço o Anivaldo pessoalmente e nunca falei com ele, mas a sua imagem é negativa, a do retrocesso, o Jeferson lembra o Wlad, talvez possa surpreender, mas não acredito nisso não, ele deve ser fraco no debate, o Priante se controlar o seu Temperamento e Genio forte, e não pegar corda nos debates como nas eleições a Prefeito passadas, tem grande chance de Virar sobre o Edmilson no segundo turno, pois ninguem em sã consciencia apoiará o Edmilson no segundo turno, além disso o PSOL está no já ganhou,está de salto alto, e já dividindo Secretarias, olha que vem muita gente de fora do Estado para Administrar essa Prefeitura, já que o Psol não possui quadros suficientes para ocupar todos os quadros estratégicos da PMB.
O Jordy depois daquela do aborto, deixou mostrar a sua verdadeira face, TODOS POR ELE, E ELE POR NINGUEM, é o tipico DEMOSTENES.