28 de nov de 2011

Acordo ortográfico

A senadora Ana Amélia solicitará que a Comissão de Educação do Senado promova no início do ano que vem uma audiência pública sobre o novo acordo ortográfico. O pedido de audiência foi feito após reunião com o professor Ernani Pimentel. Autor de diversas críticas ao novo acordo ortográfico. Pimentel apoia a criação de um grupo de trabalho para discutir o acordo e também sugeriu que os países signatários criem uma espécie de órgão similar à Real Academia Espanhola, que seria responsável pela uniformização da ortografia nos países de língua portuguesa.
Segundo Pimentel, o acordo ortográfico que vem sendo implantado no Brasil contém alterações feitas posteriormente - e sem a aprovação do Congresso Nacional - pela Academia Brasileira de Letras. Ele afirma que isso é ilegal e, por isso, entrou com uma ação judicial para exigir que o Congresso ratifique (ou não) tais mudanças. Além disso, o professor solicitou na Justiça que o Brasil tenha mais tempo para discutir e implementar o acordo ortográfico

Nenhum comentário: