30 de nov de 2011

PNE adiada

A apresentação do relatório do Plano Nacional de Educação foi adiada pela quarta vez. A principal causa é a polêmica sobre a definição do percentual de investimento do PIB em educação. A proposta do governo é que esse patamar seja 7%, mas as entidades da área e organizações da sociedade civil querem 10%.
Os dados mais recentes do Ministério da Educação (MEC) mostram que o investimento público em educação hoje no país é 5% do PIB.
O PNE definirá 20 metas educacionais para o país atingir em dez anos. Além da questão do financiamento, o plano prevê a ampliação das matrículas em diversas etapas educacionais como o ensino técnico, creche e escolas de tempo integral.
A partir da apresentação do relatório, os membros da comissão terão o prazo de cinco sessões para apresentar emendas. Com esse calendário, a comissão pretende concluir a votação até o início da segunda quinzena de dezembro. Vale lembrar que o início do recesso parlamentar está marcado para o dia 22.

Nenhum comentário: