25 de nov de 2011

Priante, o cara que viabilizou a Rodovia Independência


Em abril de 2012 começa a ser construída a Rodovia Independência, a nova via para entrar ou sair de Belém sem passar pelo Entroncamento. O blog ouviu o cara que tirou o projeto do papel e viabilizou a Independência, o deputado federal Priante.
Bacana – Priante, como foi essa articulação para tirar a obra do papel?
Priante – O governador Simão Jatene, ao incluir a Independência na Agenda Mínima do Governo, demonstrou vontade política para realizar a obra, mas faltava o recurso. Quando assumi, no Congresso Nacional, o cargo de relator do Orçamento, com a missão de destinar verbas federais para o Ministério da Integração, não tive dúvida. Decidi que iria ajudar a realizar a obra. Fui ao governador e ao ministro da Integração, Fernando Bezerra, e propus uma parceria entre o Governo do Estado e o ministério. Disse a eles que, como relator, eu colocaria os recursos para a obra no orçamento do Ministério da Integração. Com a verba garantida, eles toparam e sacramentaram a parceria. Resultado: na quinta-feira passada, eu juntei o ministro e o governador em Brasília. O ministro anunciou a liberação de R$ 7 milhões para começar a obra e o governador, em contrapartida, garantiu R$ 20 milhões. Eu, então, reafirmei meu compromisso: estou colocando, no Orçamento da União, R$ 60 milhões para o Ministério da Integração investir na Independência. Feita toda essa articulação, conseguido esse resultado, agora é só tocar a obra.

Bacana – Qual é a importância da Rodovia Independência?
Priante – Belém tem apenas uma rodovia para entrar ou sair da cidade, a BR-316. É como se a cidade fosse uma ilha com apenas uma ponte de acesso. Se acontece um acidente na ponte, todo o trânsito da ilha fica comprometido. É isso que está acontecendo em Belém. A rodovia Independência vai reduzir esse impacto sobre o tráfego no corredor Almirante Barroso-Entroncamento-BR-316. Será uma rota alternativa, ligando o complexo viário da Avenida Júlio Cesar, em Belém, à Alça Viária, em Marituba. Esse novo corredor vai receber pelo menos 30% dos 50 mil veículos que hoje transitam diariamente no corredor da BR-316. Com a rodovia Independência o governo poderá viabilizar grandes projetos de mobilidade urbana de Belém, como o metrô de superfície. A Independência, portanto, é uma solução para diversos problemas de trânsito de Belém e toda região metropolitana.
Bacana – O que acontece agora, Priante?
Priante – Como o Ministério da Integração já aprovou os R$ 7 milhões que eu consegui para começar a obra, a Seidurb já pode preparar o edital de licitação e lança-lo ainda este ano. Até março ou abril de 2012, o processo licitatório deve ser concluído. Aí as obras podem começar. Acredito que no final do primeiro semestre de 2013 Belém poderá usar a nova rodovia Independência.
Bacana – Vem mais por aí, deputado?
Priante – O grande pecado de um político é ocupar um cargo importante e deixar de atender às suas bases, sua cidade, seu Estado. Pode ter certeza que esse pecado jamais cometi e não cometerei. No caso da Independência, me sinto plenamente satisfeito com o resultado que consegui. Fecho 2011 com o sentimento de quem foi para uma grande batalha e ganhou a guerra. Cumpri com o meu dever, com a minha obrigação. Mas não parei por aí, não. Já estou enfrentando outros desafios. Espero também vencer essas batalhas.

9 comentários:

Anônimo disse...

Priante é o cara!

Anônimo disse...

Priante e o melhor candidato a prefeito para Belém.

Anônimo disse...

como disse o puty, nos petistas vamos ficar com uma vaga de senador... e com o prazer de irmos a forra contra o pmdb, nem que tenhamos que colocar o psdb em belem e ananindeua

Fernando Duarte - Pedreira disse...

Estou vendo o Jordy e o Edmilson com muita falação e pouca ação. E estou vendo o Priante se mexendo, fazendo acontecer. Acho que essa é a diferença: uns falam, outros fazem. Torço para que os outros façam que nem o Priante: tragam verbas, tragamobras pra Belém. Quem somos nós.

Anônimo disse...

Eles tem de dar um jeito naquela cabeça de burro enterrada no entroncamento. Sexta passada ficamos engatados num congestionamento monstro, de mais de 45 minutos(não houve acidente, mais era a grande quantidade de veiculos e caminhoes entrando e saindo da cidade. Um absurdo ter de aguentar mais de dez anos na mesma situação caótica que só faz agravar com o crescimento da frota de veículos.

Anônimo disse...

Já começou a campanha pra prefeito de Belém?!

Anônimo disse...

Menos Bacana,menos!ele como deputado federal do estado do Pará,não está fazendo mais do que sua obrigação,é para isso que ele foi eleito.


Sds,


Ronaldo Guilherme

Anônimo disse...

Usar a Júlio Cesar, me parece começar do meio. Para se chegar àquela Avenida, passa-se obrigatoriamente pela Duque ou pela Almirante. E aí o trânsito já era. Trata-se, portanto de obra que, ao nascer, já nasce torta. Mas o orçamento, não. Esse já estará, então, em algum cofre...

Anônimo disse...

Só o que esse cara (PRIANTE) fez agora, sem falar no que ele já conseguiu em tempos passados para BELÉM...alguém ainda tem dúvidas sobre quem deve substituir o desprefeito Duciomar?????? Edmílson??? hahahahah!!!! Não podemos voltar ao atraso e às obras de 1,99!!!!!! PRIANTE: PREFEITO DE BELÉM!!!!!