18 de nov de 2011

Açaí


Com o objetivo de garantir a qualidade da manipulação e da comercialização do açaí a Sespa divulgou informações sobre cuidados na sua produção e a vigilância Sanitária através do Programa Estadual de Qualidade do Açaí está capacitando os batedores.

Estas ações estão sendo realizadas com base nos resultados insatisfatórios realizados pela vigilância que identificou coliformes fecais em boa parte das amostras de açaí, além da suspeita de estar se transmitindo a doença de chagas através do fruto.

Uma vez que o produto é bastante comercializado no Brasil e no exterior é de grande importância que ele esteja de acordo com as normas sanitárias será feito o monitoramento de sua qualidade através de fiscalização e inspeção.

Um comentário:

Anônimo disse...

E o senador do açai, o que fala? Afinal foi ele quem derrubou no berro o projeto que visava uma produção mais higiênica do açai, que evitasse inclusive a doença de Chagas. De senador do açai, ele passou a ser Senador do barbeiro.