9 de nov de 2011

E a greve continua...


Professores, ainda em greve, realizaram uma série de protestos na manhã de hoje contra a decisão da Justiça que determinou a ilegalidade do movimento na rede pública estadual de ensino. O grupo se concentrou na frente do prédio da Seduc, que havia sido evacuada, por medidas de segurança.

Na Seduc, os manifestantes exigiram que alguém os recebesse para uma conversa. Revoltados com a notícia de que não havia ninguém, alguns integrantes do grupo, forçaram a grade de proteção da Seduc até ela ser quebrada. Um funcionário da Secom filmou o ato de vandalismo e teve que pedir apoio policial, pois, alguns manifestantes queriam tomar seu equipamento e forçá-lo a apagar as imagens.

A categoria também tentou intimidar jornalistas da TV Liberal, que segundo eles, estaria "prejudicando" o movimento.

Fonte: DOL

Um comentário:

Anônimo disse...

Vandalismo:essa é a posição que muitos jornalistas assumiram frente aqueles que só lutam por seus direitos, inclusive você, que tentam manchar a imagem dos profissionais da educação. Não somos bandidos como vocês dizem.Só queremos garantir um direito nosso, garantido pela constituição federal.Existe alguma LEI acima da constituição? Então quem a descumpre é quem está infringindo a LEI, nesse caso o governador Jatene.É muito triste constatar que profissionais da imprensa se vendem ao dinheiro fácil do Estado, e tentam sujar a imagem de pessoas dignas,honestas que só querem ver seus direitos garantidos.
P.S. A lei de Greve também é constitucional.Nenhum Juiz tem o poder de mudar uma só vírgula da constituição.Portanto, o Juiz que manda os professores encerrarem a greve está tentando retirar de nós um direito garantido pela constituição, passando por cima dela.