14 de nov de 2011

TCU diz: Se não parar o prejuízo será maior

O tribunal de Contas da União encontrou 222 obras do governo federal com irregularidades. Solicitou o pedido de 26, pois, segundo o tribunal o prejuízo será de R$2,6 bilhões aos cofres se não forem regularizados. Dessas 26 obras, 19 são do PAC e estão colocadas como prioridade pelo governo. Segundo o TCU, 55% das irregularidades encontradas nas auditorias dizem respeito a superfaturamento e sobrepreço.
No Pará o prejuízo é em torno de R$31,4 milhões por conta de duas obras: às obras de abastecimento em Augusto Corrêa e a construção de trechos da BR-163 em Santarém.

Nenhum comentário: