25 de jan de 2012

Plano de saúde não recusou atendimento


A ANS concluiu que não houve erro por parte do plano de saúde Geap no caso da morte do secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira. Segundo ela nenhum dos três hospitais que o Secretário procurou não tinham convenio com o Plano de saúde que ele possuía, não houve negativa de cobertura.
Segundo a família do secretário, na madrugada do dia 19, ele procurou atendimento nos hospitais Santa Lúcia e Santa Luzia, que não são conveniados ao plano Geap, e os hospitais exigiram um cheque caução para prestar o serviço. Como o secretário estava sem cheque e sem dinheiro, não foi atendido nos dois primeiros hospitais. Ele foi socorrido Hospital Planalto, o terceiro que procurou, porém os médicos não conseguiram reanimá-lo.

Nenhum comentário: