3 de jan de 2012

COLUNA BACANA – DOMINGO 01 DE JANEIRO 2012

Esta é a primeira coluna de 2012 e não podíamos deixar passar em branco. Um novo ano que chega... Novas metas e muitas mudanças são as promessas que sempre fazemos. A Coluna Bacana deste domingo resolveu saber de seus leitores quais as suas expectativas para 2012.


Fernando Yamada – Presidente da Aspas



“Eu estou otimista, muito otimista, porque eu acho que 2011 foi um ano lento, mais conservador. Isso olhando o cenário de governo, o que é natural, porque foi um ano de novo governo, de arrumar a casa, arrumar as contas. E eu vejo que estão arrumando pra melhor. Em 2012, as coisas vão ter que acontecer. A iniciativa privada vai investir, mas o Governo também precisa fazer sua parte. Nossa infraestrutura está saturada e acredito que eles também estão enxergando isso. Eu vejo Belo-Monte acontecendo, eu vejo a Copa se aproximando. As coisas vão ter que funcionar. Este é o meu superotimismo.”



Alvaro Cordoval - Presidente da CDL Belém

“Na qualidade de dirigente de entidade de classe,temos a convicção de que grandes oportunidades potenciais existem, e podemos aproveitá-las. A nossa expectativa para 2012 na economia brasileira é um crescimento econômico na ordem de 3 a 5 % do PIB. Já na economia paraense, cremos que o crescimento será bem superior, pois, os investimentos em vários setores econômicos, que já estão ocorrendo, e que a partir do próximo ano se intensificarão, com forte geração de emprego e a possibilidade de diminuição da inadimplência, e o aumento da oferta de crédito e financiamento, farão com que o setor do comércio seja bastante beneficiado.”






Helder Barbalho – Prefeito de Ananindeua


“O ano de 2012, será a culminância de todo o trabalho que estamos realizando em Ananindeua nos últimos sete anos. Vamos concluir diversas obras e ampliar serviços que vão dar mais oportunidades e melhorar a qualidade de vida da população, principalmente, nas áreas da Educação, Saúde, Saneamento Básico e Habitação. A expectativa é fechar com “chave de ouro” a nossa gestão que já mudou a cara do município.”









Rachel Horiguchi – Marketing Y.Yamada



“Um ano de luz e inspiração para todos os setores, que os desafios sejam vencidos com humildade e sabedoria em prol de um crescimento saudável para o indivíduo e para o todo que compõe o nosso Pará."














Wilson Oliveira - Presidente Aspeb Benefícios

“Antes de manifestar nossas expectativas para o

novo ano que se aproxima, não podemos deixar de agradecer aos nossos amigos, clientes, colaboradores, e principalmente a deus pelas conquistas obtidas no ano que se finda. Administrar uma empresa já é por si só um grande desafio, porém buscar o constante crescimento é ainda mais desafiador. No mercado de seguros e serviços no qual atuamos há mais de 20 anos, além da grande competitividade, ainda temos que estar sempre inovando e em perfeita harmonia com as necessidades de nossos clientes, lhes oferecendo novos produtos e serviços. Porém, sem sobra de dúvidas, o fator preponderante para o sucesso da nossa empresa é o atendimento diferenciado e especial que concedemos aos clientes. Aí o grande mérito. Não vislumbramos um novo ano que não seja de sucesso e vitórias, e para que isso aconteça, rogamos ao pai celestial que nos dê saúde e sabedoria. A todos um ano novo de muita paz e realizações.”


Alaci Corrêa – Diretor Grupo Nazaré



“Espero um ano muito melhor que 2011. Para o nosso setor comercial não foi tão bom devido ao problema comercial no mundo todo influenciado pela crise na Europa. Não ficamos no vermelho, porém nos mantivemos no segundo semestre de 2011 vendendo apenas a inflação do ano passado, 15 a 18%. Em Dezembro as vendas esquentaram, houve um crescimento, o que mostra que o consumidor acreditou no nosso Brasil e foi as compras, tivemos um crescimento real. Fechamos o ano com chave de ouro, só o fato de o Pará não ter sido dividido isso é magnífico, temos que ser um Estado grande para ser forte e no finalzinho do segundo tempo arrebentamos nas vendas. Que venha um 2012 próspero!”



Lúcia Penedo – Presidente da OS Pará 2000

“Precisamos analisar dois ângulos, o aspecto pessoal e o profissional. No aspecto pessoal pretendo ampliar os relacionamentos que tenho mantido ao longo desses anos, onde através desses relacionamentos e parcerias temos conseguido realizar nossos projetos de vida, devo muito a esses amigos e parceiros que confiam no meu trabalho. E, no aspecto profissional quero que todo este meu potencial seja revertido em coisas positivas, que meu trabalho possa ser um fomentador de ações voltadas para o turismo, desenvolvimento do meu Estado e da minha cidade, principalmente fazendo com que possamos trazer grandes eventos, no sentido que este desejo seja materializado.





Nenhum comentário: