23 de abr de 2012

Cade as autoridades ?????????


É impressionante.
Outeiro virou terra de ninguém.
Ou melhor, terra de bandidos livres, leves e soltos para atormentar a vida dos moradores.
Todo final de semana, ao escurecer, o distrito parece a Faixa de Gaza, com tiros em grande número, causando verdadeiro pânico nos moradores.
A polícia quando chega, chega depois de horas.
Nas praias, a desova de cadáveres e estupros são decorrentes.
Os moradores dizem que os policiais sabem onde estão e moram os bandidos, mas nada fazer, sabe-se lá por qual motivo.
Enquanto isso as pessoas de bem, os trabalhadores, as donas de casa, os estudantes, as crianças, são cerceadas de seu direito de ir e vir, amedrontadas por gangues que não apenas assaltam e matam, mas fazem verdadeiros tiroteios como se ali fosse um local sem lei.
As autoridades precisam tomar atitudes imediatamente, antes que toda a ilha seja comandada por criminosos, arruaceiros, sem vergonhas que tornam aquele bonito espaço, um local de terror e pânico.
Alô senhor Secretário de Segurança, Outeiro é bem ali. Se quiser posso mostrar o caminho.

Um comentário:

Anônimo disse...

CNJ DE OLHO NO CASO ALEPA
O advogado do Senador Mário Couto, Sabato Rossetti, ingressou com agravo de instrumento, buscando reverter determinação de acautelamento de bens determinada pelo Juiz Elder Lisboa na Ação Civil Pública de Ressarcimento de danos causados ao erário, além de responsabilidade por ato de improbidade administrativa,feito que tramita na 5ª CAMARA CIVEL ISOLADA, e tem como relatora a Desembargadora LUZIA NADJA GUIMARAES NASCIMENTO.
O que se diz a boca pequena é que ante as fortes pressões políticas dispensadas ao caso, a Dra. Nadja deve se declarar suspeita para julgar, pois, seu marido, Manoel Santino, foi Secretário Especial durante os Governos anteriores do PSDB, logo com fortes relações sedimentadas com Senador réu na questão.