17 de abr de 2012

Por aqui


João Pedro Stédile, líder do MST, esteve semana passada, na moita, em Parauapebas.
Dizem, foi tratar as "ações" do movimento no estado.
O que, já gera incertezas e inseguranças.
Fazer o que ?

Um comentário:

Anônimo disse...

Fazer a reforma agrária e acabar com a grilagem de terras para o uso do desmatamento e concentração de riqueza nas mãos de poucos. Enquanto milhares são expulsos para as grandes cidades, geranndo mais miséria e violência.