31 de jul de 2012

TIM lança internet em fibra óptica para tentar superar crise



Segundo o presidente da TIM, a operadora irá surpreender com a qualidade do serviço de internet residencial que chegará ao mercado de Rio de Janeiro e São Paulo, entre agosto e setembro. A ideia é usar a rede comprada, em 2011, da AES Atimus, por R$ 1,5 bilhão, para oferecer banda larga fixa de alta velocidade. A promessa é de que seja algo entre 5 megabites por segundo (Mbps) a 25 Mbps — superior à GVT, empresa tida como referência no mercado de banda larga residencial, com velocidades entre 10 Mbps e 15 Mbps. O preço do pacote inicial deverá ser de R$ 109.
O lançamento da TIM Fiber — que terá o nome comercial de Live TIM— vem em um momento crucial para a companhia. Questionamentos sobre a qualidade do serviço de celular prestado estão presentes na Anatel e em Procons de todo o país. 
Só em 2012 foram investidos R$ 120 milhões no projeto. A parte de infraestrutura de rede foi elaborada pela fabricante de equipamentos chinesa ZTE. O executivo conta que pediu uma solução que garantisse a velocidade com a fibra óptica, mas que não precisasse chegar até dentro da casa do cliente (chamada de última milha), pois os custos desse sistema são extremamente altos. 
A expectativa é que as velocidades possam ultrapassar os 50 Mbps, mais do que há na Coreia do Sul, onde as velocidades de banda larga fixa chegam a 18 Mbps, segundo informou.

(PA 24HS DIGITAL)

Um comentário:

Claudemir A. Silva disse...

espero que melhorem esse imundície de serviço, ontem nem mensagem de texto, tava conseguindo passar.