23 de jan de 2012

Previsões pessimistas

Os analistas revisaram para baixo pela segunda semana consecutiva suas projeções para a produção industrial, caindo de 3,31% para 2,94%. As estimativas dos economistas consultados pelo Banco Central para a indústria ainda têm espaço para redução.
Sem medidas adicionais do governo para estimular a economia e mais cortes na taxa básica de juros, a Selic, o crescimento da indústria em 2012 pode ser igual ao de 2011, próximo de zero.

Nenhum comentário: