18 de jan de 2012

Puty joga no tudo ou nada


A esperança de Puty é ganhar no primeiro turno, porque sabe que se for para o segundo ele perde.
Por conta do que fez no passado, cortando a cabeça de muitos petistas históricos como Mário Cardoso, Edilza Fontes, Carlos Guedes e Charles Alcântara, e por conta de ter criado inimizades nos partidos aliados e nas correntes do próprio PT, Puty não consegue ganhar no segundo turno, e por isso jogo pesado agora.
Tem mais, a direção histórica do PT se pergunta;" - Com quem o deputado Puty vai compor, já que, por exemplo, é inimigo declarado de um PMDB ?"
Vai saber.
Talvez, acreditando ainda nos pensamentos revolucionários e universitários ...

4 comentários:

Anônimo disse...

Bacana, faça um pedido no seu blog que é muito lido que lhe mandem uma unica foto que apareça este cidadão no passado do PT, ele é sangue novo e so fez alguma coisa no Governo da Ana Julia em proveito próprio.

Anônimo disse...

Talvez o blogueiro prefira gente q troca os valores universitários e revolucionários por... outros tipos de valores, né?

Muito curiosa essa pergunta que a 'direção histórica do PT' tá se fazendo. Porque as desavenças do Puty com o PMDB são um problema para coligações? Por acaso, outro candidato petista faria o Priante desistir da disputa? Não é pra tudo isso, não. Além do mais, não creio q o PMDB seja o único partido de Belém...

Anônimo disse...

O PC do B da Leila Márcia vai coligar. A referência deles no Estado deixou de ser o saudoso João Amazonas e passou a ser este cidadão, que ainda vai ter seu mandato cassado. Na eleição passada o desejo da comissão municipal deste Partido era ter apoiado o Poty e não Jorge Panzera para Federal.

Um abraço

Anônimo disse...

É no minimo ridículo querer que um partido da envergadura do PT se submeta a um partido tão sórdido qto esse PMDB. e outra coisa: a esses que querem que sistematicamente os mesmos 4 patetas(PR;Ganzer;AJ e ZG) se mantenham ad infinitum como candidatos do PT a qualquer disputa,é o mínimo,no mínimo ingenuidade.Belem tem jeito: Puty prefeito.