4 de jan de 2012

Viúva doa documentos de Prestes com supostos nomes de torturadores

Em uma cerimônia rápida, no Arquivo Nacional, a viúva do político Luís Carlos Prestes, Maria Prestes entregou de sete pastas contendo documentos do Partido Comunista, como relatórios e manifestos, cartas pessoais para amigos e parentes e fotos de Prestes. O material retrata principalmente o período da década de 70, até o início dos anos 80. Entre os destaques, está o 'Relatório da IV Reunião Anual do Comitê de Solidariedade aos Revolucionários do Brasil', de fevereiro de 1976, onde constam os nomes de 233 supostos torturadores.

Aos 81 anos, Maria Prestes decidiu doar os documentos de Prestes, de acordo com ela “Trata-se de um documento importante, que hoje pode até não ter mais novidade, mas que compõe o quadro de uma época, e que vai servir para a análise e questionamentos de historiadores”.

Nenhum comentário: