18 de jul de 2012

Parque de Exposições é desapropriado


A área do Parque de Exposições do Entroncamento começou a ser desapropriado pela Prefeitura de Belém desde as primeiras horas da manhã de ontem, para utilizá-la nas obras do BRT (Bus Rapid Transit).
De acordo com o vice-presidente da  Associação Rural de Pecuária do Pará, Guto Lobato, nenhuma das nove associações que funcionam na área do parque se opõem a liberar o terreno para ser utilizado para fins de utilidade pública, mas questionam a forma como está se dando o processo. 
A ARPP e as outras oito associações que funcionam no local reclamam da falta de negociação e, sobretudo, do preço pago, que seria 15 vezes menor do que o real valor do imóvel. O terreno de 83.264,59 metros quadrados foi cedido há 60 anos para a ARPP pela prefeitura para o funcionamento do parque. Há cerca de um ano e meio, quando se começou a cogitar que o terreno estaria interessando a órgãos públicos, a própria associação contratou uma consultoria técnica que teria avaliado o terreno em R$ 60 milhões. Já segundo a prefeitura, a área construída de 6.426,00 metros, somado com a extensão do terreno por construir alem R$ 4.686.549,74, baseada em laudo de avaliação da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem).



Nenhum comentário: