9 de jul de 2012

Saúde, trânsito, saneamento e educação serão prioridades para candidatos.


 

E foi dada a largada. A Campanha Eleitoral 2012 já teve inicio e os candidatos já começaram a falar as suas prioridades caso venham a ocupar o cargo de Prefeito de Belém. Entre as ações mais importantes, saúde, trânsito, saneamento e educação são as mais comentadas pelos candidatos.
´Priante garante que vai ampliar a rede de saúde e que vai buscar investimentos para as Unidades de Pronto Atendimento do Distrito de Icoaraci e ilha de Mosqueiro. Na educação, Priante vai dar atenção especial ao ensino básico e no transporte público vai buscar recursos para a ampliação da Avenida Independência, desafogando o trânsito na saída cidade, entre outras propostas.
Não muito diferente, o candidato do Psol, Edmilson Rodrigues disse que sua proposta para administrar a cidade é resgatar algumas ações implantadas em sua gestão passada, como por exemplo, retomar o Programa Bolsa e o programa  Família Saudável.
Alfredo Costa destacou que vai investir em creches na área da educação. Para a segurança garante que a prefeitura pode ser parceira do estado no sentido de reestruturar o serviço de monitoramento eletrônico da cidade. Já os projetos para a saúde o candidato aposta na reestruturação das Unidades de Atenção Básica à Saúde e na ampliação do Programa Saúde da Família.
Anivaldo Vale do PTB afirmou que está pronto para continuar as obras que Belém precisa. O atual vice-prefeito da capital disse que tem como principal prioridade a continuação do plano de governo do atual prefeito, Duciomar Costa.
Zenaldo Coutinho, candidato pelo PSDB, já afirmou que caso venha a ocupar a vaga de prefeito, grande parte das suas ações serão baseadas em análises e visitas técnicas feitas pelo próprio candidato. Jefferson Lima do PP e Sérgio Pimentel do PSL, afirmam que saúde e educação serão prioridades nos seus planos de governo.
Jordy, candidato do PPS, afirma que uma de suas ações será aumentar a iluminação pública. Outra questão será o transporte público e a saúde que segundo ele “nessa área temos o pior teto da atenção básica da média e da alta complexidade”.
Sendo a única mulher na briga pela vaga, Leny Campelo do PPL afirma que o partido vai trabalhar no sentido de fortalecer a economia da cidade para resolver o quadro do mercado informal na capital.
Agora é esperar e ver!!!



Nenhum comentário: