7 de dez de 2011

"Apagão médico"

A Amazoncoop anuncia que não há chance de renovar o contrato de prestação de serviços para a Sesma, encerrado em 22 de novembro e mantido por mais um mês por ordem judicial. Com o fim do prazo, no próximo dia 24, a equipe de 350 cooperados já está desmobilizada e a previsão é de 'apagão médico' na capital paraense no Natal e Réveillon, segundo o presidente da Amazoncoop, Luiz Fausto da Silva.

Ele diz que a série de medidas adotadas pela Sesma contra as boas condições de trabalho e a falta de sinalização para uma solução satisfatória à Cooperativa desmobilizou os profissionais. Segundo ele, a maioria já se comprometeu com outros contratos após o término do prazo de cumprimento da decisão judicial.

Nenhum comentário: