14 de dez de 2011

Empresário é preso por não pagar pensão alimentícia

O advogado e empresário Sílvio Sá, um dos mais conhecidos em Belém, foi preso há pouco. Está, por enquanto, na Divisão de Investigação e Operações Especiais (Dioe). A polícia deverá transferi-lo para outro lugar, mas, para isso, precisa de orientações da juíza que o mandou para a cadeia.
Ele foi preso porque não paga, há mais de ano, pensão alimentícia a uma garota de uns 10 anos, fruto de um de seus relacionamentos. O mandado de prisão foi expedido há alguns dias, mas apenas hoje é que o advogado foi preso.
Sílvio Só já foi cartório. Era o manda-chuva do Cartório Conduru. Depois, entre os negócios em que se aventurou, abriu um restaurante, o S'il Vous Plaît, na Boaventura da Silva, quase esquina com a Visconde de Souza Franco, a Doca, no bairro do Reduto.
Bacanas de todos os naipes e catigurias passavam por lá, para aproveitar o ambiente refinado, degustar bons vinhos e comer ótimos petiscos. O restaurante dispunha, inclusive de um lounge com sofás e poltronas. Ali, os clientes poderia ficar mais à vontade, escutando muito jazz e bossa nova.
Mas o restaurante fechou as portas, afogado em dívidas, sobretudo de aluguéis, que não vinham sendo pagos há vários meses. ( do Blog Espaço Aberto)

Um comentário:

Suave Veneno disse...

Acredito que você quiz escrever Pensão ao invés de penssão.
pensão

Significado de Pensão

f.
Renda annual ou mensal, que se paga vitaliciamente ou por determinado tempo.
Foro.
Retribuição da educação e sustento de um alumno de collégio.
Encargo, ónus.
Gír.
Trabalho.
(Lat. pensio)
[Dicionário Candido de Figueiredo]