14 de dez de 2011

Jader ocupará sua cadeira no Senado


Com o “voto de qualidade” do presidente do Supremo Tribunal Federal, previsto no Regimento Interno da Corte, o ministro Cezar Peluso desempatou o julgamento do recurso, em que o político paraense requeria uma revisão da decisão do plenário que, em outubro do ano passado, confirmara a sua inelegibilidade, decretada pelo Tribunal Superior Eleitoral, com base na Lei da Ficha Limpa.
Jader foi o segundo mais votado com 1,8 milhão de votos. Com a futura posse de Jader Barbalho, a senadora Marinor Brito perde a cadeira que vinha ocupando.

Fonte: Jornal do Brasil

Um comentário:

Anônimo disse...

Quem fez aniversario foi a Giovana e quem ganhou presente foi o povo do Pará.