2 de dez de 2011

No meio do debate, amor e paz. Na frente das câmeras, pontapés


Na frente da TV, caras bravas, dedos levantados. Ao apagar as luzes, cordialidade, quase carinho.
Assim foi ontem os bastidores do debate da TV.
O cidadão comum tem de entender de uma vez por todas uma coisa; na política eles se matam nos palanques, nos debates e nas propagandas de rádio e TV. Mas a hora que as câmeras apagam, uns abraçam os outros, riem, patem papo e se divertem..
Como pode isso ?
Simples meu caro, são profissionais. Afinal, nada é pessoal.
Só dedo no olho.

Um comentário:

Anônimo disse...

Taí mais um motivo para eu e minha família votarmos no SIM, a impacialidade da imprensa de Belém. De tanto ouvirmos não e não, não vamos ficar omissos e vamos votar SIM pelo Carajás e pelo Tapajós, mesmo sendo belenenses de nascimento.

Cadê meu comentário que enviei logo cedo?

Júlio Ferreira