9 de dez de 2011

Prêmio de direitos humanos


A presidente Dilma Rousseff se emocionou hoje durante entrega de prêmio de direitos humanos ao citar o nome de Vladimir Herzog, morto na ditadura. O prêmio é a mais alta condecoração do governo brasileiro a pessoas e entidades que se destacaram na defesa dos direitos humanos.

O prêmio ao instituto Vladimir Herzog foi entregue à viúva do jornalista, Clarice Herzog. A juíza Patrícia Acioli, assassinada em agosto, também recebeu uma homenagem, in memorian.

Nenhum comentário: