13 de dez de 2011

Protegendo seus aliados


Dilma Rousseff orientou a base a impedir convocações do ministro Fernando Pimentel. O Planalto também conta com a ajuda do calendário natalino para abafar o caso. Pimentel, que é um dos mais próximos ministros da presidente vem sendo alvo de acusações de tráfico de influência nas atividades de consultoria exercidas por sua empresa, a P-21.
Para o Planalto, o assunto está encerrado, já que a presidente entende que as explicações que ele deu eram satisfatórias. O governo faz questão de destacar também que as "ilações" contra Pimentel se referem a um tempo que ele nem estava no governo.
Pimentel que irá para Genebra para participar da reunião da OMC, recebeu a orientação de Dilma para ir tranquilo, assegurando-lhe que as lideranças partidárias garantiram que não haveria risco de ele ser convocado pelo Congresso para dar explicações.

Nenhum comentário: