8 de mar de 2012

Cássio candidato a prefeito


Dia 11 o PSB vai lançar o deputado estadual Cássio Andrade como pré candidato a prefeito de Belém, em evento no auditório da Alepa.
Também serão apresentados mais de 50 pré candidatos a vereador.
Cássio vai buscar apoios dos partidos pequenos para sua pré candidatura. O PDT, e PC do B também já foram procurados por Ademir e Cássio.
Andrade disse ao blog que essa é uma resolução nacional, já que Eduardo Campos Governador de Pernambuco tem intenção de concorrer a Presidente da República e quer divulgar o partido nacionalmente.
Cássio contou que nas próximas eleições o partido terá cerca de 30 candidatos a prefeito com chances de se eleger pelo estado, e uma expectativa de lançar mais de mil vereadores.

5 comentários:

CESAR disse...

Além dos Barbalhos , agora este filho de peixe podre...

Davi Batalha disse...

Expressão do amadurecimento democrático de Belém, a proliferação de candidaturas beneficia a população ante a ampliação da possibilidade de se ter cada vez mais opções na prateleira política rumo a PMB. Cássio terá muito trabalho para demonstrar o que fez, e sua prestação de contas das políticas públicas que realizou em prol de Belém serão concomitantes ao seu tamanho eleitoral; caso não tenha feito nada, sua porcentagem será igual a sua atuação parlamentar: nula. Ademais, Ademir Andrade é um calcanhar de Aquiles de Cássio: preso pela Polícia Federal em operação que investigava fraudes na casa dos milhões quando era presidente da CDP e dono do PSB, sua imagem é indissociável à de seu filhote.
P.S. caro Bacana, poste os comentários de seus leitores, pois a prática da censura data de período nefando já superado pelo avanço das forças democráticas. A classe jornalística e intelectual agradece

Anônimo disse...

Esse rapaz é tão perigoso quanto o pai que é a sua inspiração.

Anônimo disse...

Este pirralho aprendiz deveria ter vergonha na cara. Quer continuar a mamar como fez a vida inteira. Falta de palmada de mãe dá nisso!!!

Anônimo disse...

Tão perigoso quanto inexpressivo