5 de mar de 2012

Mandante da morte de sindicalista é condenado

Na última sexta,  o Tribunal do Júri de Redenção condenou a 21 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado, Joacy Barros da Rocha, acusado de ser o mandante do homicídio do sindicalista e ex-vereador de Redenção, Pedro Alcântara de Souza. Na época do crime, a vítima era presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultara Familiar (FETRAF) de Redenção. 
O réu está preso preventivamente desde 13 de abril de 2010, sendo que o juiz negou direito ao réu para recorrer em liberdade. Os outros dois acusados, Wisley Faustino Oliveira e Romério Roberto de Araújo, não serão levados a julgamento porque estão recorrendo da sentença de pronúncia.

Nenhum comentário: