1 de mai de 2012

Uma pergunta ao TRE

Lá na UFPA tem gente fazendo "pesquisa" eleitoral e divulgando em blogs e sites, na maior cara de pau, sem registrar nadica de nada junto ao TRE.
Pode TRE????
Se pode, mãos a obra, todos.
Assim....
E o cidadão que coordena a ilegalidade, ainda se faz de julgador de quem faz um trabalho correto e, acima de tudo legal, tudo registradinho bonitinho, como manda a lei.
Quando eu digo que esse Pará está uma bagunça, ficam bravos comigo.
Mas faz meses que o cientista político continua divulgando suas " pesquisas eleitorais" não registradas.
E óóóóóó..... a tal lei eleitoral.

6 comentários:

Andrei Monteiro disse...

Uma pergunta ao seu bacana: você prefere que eu acredite numa pesquisa manipulada, onde você quer a todo custo colocar o primo do seu patrão como líder de pesquisa (ou brigando por isso) ou num cientista político, formado, phd, que não tem nenhuma veiculação política ideológica, apenas acadêmica, portanto, de comum acordo com os anseios da sociedade? Pare de reclamar!

Anônimo disse...

Esse pará tá uma bagunça mesmo,a começar por permitir que uma pessoa como você venha pra cá, ganhe dinheiro dos trouxas e ainda fique fazendo graça. Vai te catar e respeita o estado que estás ganhando muita grana e ficando rico, meu.

Anônimo disse...

O pará tá uma bagunça há muito tempo, seu bacana. Quer exemplo maior que a alepa? Outra coisa: Esse cientista , arremedo de dentista, fala, fala, fala, mas ser escutado já é outra coisa.

Davi Batalha disse...

Caro Bacana, como cientista político posso lhe afirmar que, até agora, nenhuma das pesquisas realizadas em Belém nesta ano sobre a intenção de votos e de aprovação governamental são confiáveis, mas não por razões de caráter de quem as realiza e sim por fatores metodológicos. Veja só: nas últimas eleições havia cerca de um milhão de eleitores em Belém; hoje, se o efetivo de votantes não estivesse se alterado, a amostra deveria ser de no mínimo 2.500 entrevistados; se se faz pesquisa com amostras de 600, 700 ou até 1.000 questionários, o rersultado é esdrúxulo, ainda somando-se o volume, o sexo e a faixa etária de eleitores por bairros ou por zonas segundo dados oficiais, que se não for respeitado leva a novas discrepâncias. Portanto, levando-se em consideração que hoje Belém tenha mais de um milhão e cem, duzentos mil eleitores, precisa-se de uma amostra de no mínimo 2.500, 2.700 questionários distribuídos na proporção segundo os dados oficiais do TRE, TSE e do IBGE. Ainda tem uma variável interessante: se um nome é suprimido da lista de opções no questionário, pode ser relevante para os adversários; se um nome que não existe politicamente é emprenhado numa lista para o eleitor optar, este pode se cacifar quanto à disputa ou à chantagem eleitoral, sendo uma faca de dois gumes as duas situações. Por fim, o Acertar pertence a Américo Canto, cientista social e aluno de Edir Veiga no Mestrado em ciencia política da UFPA, o editor do Bilhetim que faz pesquisa também, e isso denota que a briga é um pouco maior, de vaidades e mercados, temperando a panela com outro pesquisador famoso do pedaço: Dornélio Silva, também aluno de Edir na UFPA. Até aqui, os pesquisadores precisam investir mais em suas pesquisas e melhorar a qualidade metodológica e principalmente de seus formulários, o que encarece a pesquisa e ainda distorce os resultados. E é um prazer participar de um debate desse, de alto nível, num espaço respeitado como o seu, que é o blog do Bacana. Abrcs fraternos ao Marcelo Marques

Anônimo disse...

Eu postei no blog desse cientista vários comentários sobre a pesquisa que ele fez mas ele nunca publica. Disse a que ele está chamando o POVO DE BURRO. Dizer que o Edmilson está empatado com o Jeferson Lima em alguns distritos isso é bricandeira. Pois é só sair na rua andando e perguntando que o povo nem sabe quem é o Jeferson Lima, não sei de onde ele tirou essa história.

Anônimo disse...

sO Batalha se justifica o q vc escreve defendendo o teu patrão pq como vc afirma o Edir é teu mestre.
Cientista politico mano é o Zé da Taberna q escuta D.Mundica pedir merenda fiado para o seu filho levar para escola e seu Sabá justificar q ainda não pode zerar suas dividas na caderneta pq a farmacia ñ vende seu remedio fiado e o seu Mazim pagar rodadas de louras geladas pq trabalha diretamente com o tio do irmão da cunhada q é sogra do sobrinho do prefeito.

Esse ñ faz pesquisa atraves de formularios ele sabe a opinião dos eleitores no seu dia a dia e o teu patrão prefeito é tão ruim que fez ate o povo ter saudade do Edmilson

Agora vc pode andar se chamando cientista diplomado mais ser cientista é como ser jornalista só forma opinião o q é imparcial e vc ñ é pq vive as custas do salario q o prefeito te paga

Julio Cruz