1 de dez de 2011

Lupi continua repercutindo

De acordo com o procurador da republica, Roberto Gurgel, em tese Lupi ter sido funcionário fantasma, é crime.
"A pessoa que ocupa um determinado cargo, recebe a remuneração e não presta os serviços, isso é uma das formas de peculato", disse o procurador.
Quem também falou sobre o assunto foi o presidente da Amarribo Brasil, que representa a Transparência Internacional no país, Jorge Sanchez. Ele classificou a decisão da presidente em manter o ministro, como um "erro".
Segundo sanchez, a decisão vai ter "efetivamente prejuízo" na imagem do governo. O ministro está envolvido em suspeitas de irregularidades em convênios da pasta com entidades ligadas ao partido.

Nenhum comentário: